Os 6 melhores detectores de cabos elétricos (revisão) de 2023

Existem situações praticamente infinitas em que o melhor detector de metais vem em auxílio das tarefas domésticas. Pendure um quadro, uma estante ou a TV na parede, instale um ar condicionado, renove uma pequena ou grande parte da casa…

Todos os verdadeiros amantes do faça você mesmo têm um na caixa de ferramentas e o consideram uma ferramenta indispensável para poder se mover com segurança na hora de furar as paredes de uma sala.

Especialmente porque, muitas vezes, a função dessas ferramentas vai ainda mais longe, permitindo, por exemplo, identificar também os corpos de madeira e os eletrodutos plásticos por onde passam os fios elétricos. Muitos modelos oferecem recursos adicionais, como autocalibração e a capacidade de monitorar as operações em sua tela de cristal líquido.

Resumo

  • Qual é o melhor detector de fios elétricos?
  • 1. Detector de Metais de Parede Multifuncional Unit-T UT387B
  • 2. Detector de metais Tacklife DMS03 e cabos elétricos
  • 3. Detetor de metais Liumy para paredes
  • 4. Bosch GMS 100 M Profissional
  • 5. Bosch PMD 7
  • 6. Bosch GMS 120 Professional
  • O que é um detector de fio elétrico?
  • O que é um scanner de parede?
  • Usando o detector de fios?
  • O que saber ao comprar um detector de fio elétrico
  • Vantagens do detector de fio elétrico
  • Alarme de metal

Qual é o melhor detector de fios elétricos?

Ladrilhadores, canalizadores e electricistas … os profissionais do mundo da construção sabem bem como é importante poder ter sempre o melhor detector de metais para paredes. E uma vez que você tenha experimentado o potencial dessa ferramenta, mesmo os amantes do faça você mesmo não poderão mais ficar sem ela.

Confortáveis, práticos, versáteis, os aparelhos oferecidos por empresas especializadas permitem realizar qualquer tipo de trabalho com total segurança.

Então, não importa qual seja o seu objetivo: se você também precisa descobrir o que está escondido dentro das paredes da sua casa, aqui está uma lista de ferramentas para cada orçamento e para todas as necessidades.

Abaixo apresentamos a você os melhores detectores de fios elétricos:

1. Detector de Metais de Parede Multifuncional Unit-T UT387B

Melhor para: uso intuitivo

É um scanner portátil profissional que pode ser usado para detectar condutores de metal, madeira e cobre escondidos na parede (incluindo o piso e o teto). É ideal para decoração de interiores de casas, hotéis, fábricas e escolas. Seu uso é simples e intuitivo, basta segurar o detector de metais próximo à parede e movê-lo lentamente.

Quando o dispositivo detecta um cabo de metal, madeira ou CA, ele exibe a intensidade do sinal. Com base nesses dados, é possível avaliar a posição exata dos materiais a serem afastados para evitar erros de furação. O scanner pode detectar o cabo AC com tensão superior a 110V, 50-60Hz, a sensibilidade pode ser fraca quando o cabo está aterrado.

A tecla Zoom é útil para localizar objetos pequenos ou profundamente enterrados. Garante alta precisão, com profundidade máxima de detecção de 80 mm.

2. Detector de metais Tacklife DMS03 e cabos elétricos

Melhor para: tela inteligente

Permite detectar metais magnéticos e não magnéticos, como haste, tubo de aço e cobre, cabo elétrico, viga de madeira dentro da parede. Com o sensor, diferentes objetos podem ser identificados de acordo com o material: um zumbido é emitido ao se aproximar.

A faixa máxima de distância medida é a seguinte: metais ferrosos até 80 mm, metais não ferrosos até 60 mm, condutores de cobre e cabos elétricos até 50 mm, madeira até 20 mm.

A tela LCD retroiluminada permite que você veja a leitura com clareza mesmo no escuro e para cada tipo de objeto medido mostra o ícone correspondente de madeira, cabo e metais; a barra de progresso indica a energia e indica o nível de carga da bateria. Vem completo com estojo de transporte, bateria de 9V e manual de instruções.

3. Detetor de metais Liumy para paredes

Melhor para: sistema de calibração automática

O detector se calibra automaticamente quando é ligado. A calibração é feita colocando o aparelho na parede onde não haja parafusos, objetos de madeira, fios CA ou metal.

Fornece vários modos de varredura para detecção: Stud Scan para encontrar e localizar o centro e as bordas de vigas de madeira ou metal de até 19 mm; Deep Mode para escanear paredes com profundidade de 38 mm; Metal Scan para localizar e detectar metais. O dispositivo tem um display gráfico lcd para permitir uma legibilidade simples e clara.

Ao detectar um objeto, é emitido um bipe contínuo que, juntamente com as indicações exibidas na tela, ajuda a detectar a posição precisa dos objetos.

4. Bosch GMS 100 M Profissional

Melhor para: tamanho compacto

Durante a fase de projeto, foi dada atenção especial à sua compacidade: mede apenas 8,5 x 20 x 3,2 cm e, portanto, cabe facilmente em qualquer bolsa de ferramentas.

Não requer calibração e, graças à escala de zoom automática, garante a detecção precisa de metais ferrosos, metais não ferrosos e cabos energizados. A profundidade máxima de detecção é de 100 mm (80 mm para cobre). Incluída na entrega está a bateria de 9V 6LR61.

5. Bosch PMD 7

Melhor para: simplicidade operacional

Está equipado com uma única tecla de função, para simplificar ao máximo as operações. A calibração é ativada automaticamente no momento da ligação, para permitir proceder imediatamente à identificação de cabos elétricos sob tensão (até 5 cm de profundidade), tubos de cobre, vigas ou caixilhos de metal ferroso (até 7 cm de profundidade) e não ferrosos (até 6 cm de profundidade).

Quaisquer obstáculos são sinalizados por uma luz LED de três cores. Funciona com três pilhas AAA de 1,5V, incluídas no escopo de entrega.

6. Bosch GMS 120 Professional

Melhor para: detecções em profundidade

Permite identificar com precisão objetos de aço com até 12 cm de profundidade, enquanto os de cobre são capturados com no máximo 8 cm de profundidade. Oferece três modos de detecção para atender as mais diversas necessidades operacionais: gesso cartonado, metal e para cabos energizados.

A calibração é automática e graças ao anel de luz LED de três cores a detecção é sempre precisa. Além disso, uma exibição exata do centro do objeto é garantida por meio da escala Center-Finder. O resultado é claramente visível no display iluminado. A bateria de 9V 6LR61 está incluída no pacote.

O que é um detector de fio elétrico?

Como o nome sugere, esse dispositivo permite detectar a presença de metais atrás da superfície de uma parede. Os scanners mais avançados têm vários modos que detectam parafusos, cabos ativos, Fios elétricos em geral, metais não ferrosos (como tubos de cobre) e metais ferrosos (como barras de reforço).

A detecção é conseguida usando dois métodos diferentes.

Magnético

Este detector detector de metal usa ímãs fortes para localizar a posição de parafusos ou pregos em um pino. Portanto, não detecta o pino em si, mas sim o suporte que prende o material da parede ao pino.

Eletrônico

Um detector tipo eletrônico é baseado em sensores que detectam mudanças na constante dielétrica da parede. Os dados detectados são exibidos em uma tela LCD, permitindo identificar a localização exata do objeto.

Uma variedade de outras informações também pode ser exibida na tela, como o tipo de material detectado e o status da carga da bateria.

O que é um scanner de parede?

O tipo de detector mais avançado e recentemente introduzido é o baseado na tecnologia de radar.

Esses dispositivos emitem pulsos de energia de rádio que saltam deles quando entram em contato com um material que reflete ondas de rádio, como madeira, pregos, canos e até cabos elétricos.

Seu sensor detecta a localização, o tempo e outras informações sobre as ondas de rádio que retornam e fornece ao usuário dados para ajudar a entender o que está dentro da parede.

Um dispositivo como esse geralmente é bastante caro, mas também pode ser extremamente eficiente detector de cabos e tubos elétricosbem como vários outros tipos de objetos e materiais.

Usando o detector de fios?

Antes de tudo, você precisa procurar um modelo que atenda às suas necessidades de uso. Isso porque, dependendo do modelo, alguns terão mais recursos do que outros. É a razão pela qual é importante priorizar-se antes de comprar.

Se você só precisa procurar por pinos de metal na parede, apenas o modelo mais barato é suficiente para você. As coisas são diferentes para quem precisa procurar cabos dentro da parede, pois precisa ter uma ferramenta tecnologicamente mais avançada.

O que saber ao comprar um detector de fio elétrico

Alguma indicação dos recursos mais ou menos padrão que você pode encontrar

padrão nos diferentes modelos de detectores do mercado.

Mira central

Esse é um recurso visto apenas em scanners eletrônicos mais avançados, pois envolve um sistema interno mais complexo e um pouco mais de trabalho do usuário, mas os efeitos podem ser incrivelmente úteis.

Essencialmente, os detectores com funcionalidade de apontamento central permitem que você determine o ponto central da peça metálica por varredura, para que você não precise realizar cálculos complexos para chegar ao mesmo resultado.

Ao realizar várias passagens, os scanners da unidade recalibram e permitem refinar as dimensões exatas do pino, determinando onde está seu contorno. No entanto, pode levar algum tempo para estreitar a zona de detecção e localizar o centro. Se você encontrar um scanner Com esse recurso, verifique se ele possui um indicador no visor para informar quando localizou o centro da peça de metal.

Tratamento

Um bom detector deve ser fácil de segurar, para permitir que você mantenha um aperto forte e confortável durante o uso. Lembre-se que é necessário mover o aparelho sobre a superfície que você está escaneando com um movimento suave e ininterrupto, caso contrário é possível que os sensores percam sua calibração e dêem uma leitura incorreta da posição da peça n metal.

Se o equipamento for desconfortável de segurar devido ao design volumoso ou à falta de estrutura ergonômica, é provável que ocorram erros de leitura durante o movimento.

A maioria dos modelos possui uma alça revestida de borracha para otimizar a aderência, tornando-a mais confortável.

Visualização

Os dispositivos magnéticos geralmente não são equipados com nenhum tipo de sistema de exibição, pois indicam a posição do pino literalmente parando no ponto de detecção.
Muitos dos modelos eletrônicos são equipados com displays, nos quais são exibidos diferentes tipos de informações: cabe a você escolher o dispositivo com base no que está interessado em visualizar.

Alguns modelos eletrônicos incluem apenas luzes led que piscam ou acendem quando um pino é encontrado, enquanto outros fornecem algum tipo de tela lcd que pode incluir um sistema para informar visualmente o quão perto ou longe você está de um pino.

Alguns desses sistemas até têm ícones para informar se você está operando em um modo de varredura diferente ou se a bateria está fraca. Em geral, procure uma unidade com uma tela que você possa entender facilmente e ver sem dificuldade.

Sensores

O número de sensores é certamente importante. Alguns modelos provavelmente têm mais sensores do que outros. Com vários sensores, você pode esperar que um modelo específico seja capaz de detectar com mais precisão. Além disso, você descobrirá que é possível que detecte outras coisas além dos pinos.

Se você deseja mais funcionalidade, precisa procurar um modelo com vários sensores.

Sistemas de alarme

Como você pode imaginar, cada tipo de detector possui um tipo diferente de sistema de alerta, com base no tipo de sensor.
Se você quer ter certeza de que não perde a posição de nenhum tipo de fio ou peça metálica, pode procurar modelos que também ofereçam um bipe ou zumbido de aviso, que é ativado quando você passa por cima de um pino.

Alguns modelos também incluem uma luz adicional que aparece na parede acima do scanner, para que você possa marcar a localização do pino com mais precisão em vez de tentar adivinhar com base na localização da própria unidade.

Funções de digitalização adicionais

Está se tornando cada vez mais comum encontrar recursos de digitalização adicionais, que normalmente também resultam em um aumento no preço. Entre eles está o modo que permite escanear uma parede ou outra superfície sólida para encontrar objetos metálicos no interior, como um cano em um sistema de gás.

UMA detector de tubos na parede revela-se um aliado válido em inúmeros trabalhos de bricolage e para uso profissional. Também pode ajudar pedreiros identificar a localização de um vergalhão dentro de um bloco de concreto.

Outro modo comum oferece a capacidade de detectar a presença de fios elétricos energizados dentro da parede, o que pode ajudá-lo a evitá-los ou determinar sua localização exata, dependendo do trabalho que você está realizando.

Material

Um fator importante a ser considerado é o material da superfície na qual você pretende operar seu detector. Na maioria das vezes, para a maioria dos projetos de bricolage, você o usará para instalar um aparelho em uma parede de tijolos.

No entanto, às vezes você precisará dele para concreto, madeira ou outras superfícies dentro ou fora de sua casa. Alguns eletrodomésticos são melhores que outros para certos tipos de materiais, portanto, lembre-se disso ao escolher.

Ferramenta profissional ou não?

Se você é um fabricante profissional, precisa ter um produto de alta precisão, durabilidade e confiabilidade. Isso permite que você obtenha um bom desempenho geral. Se assim for, você pode querer escolher os melhores detectores disponíveis.

Se você deseja apenas pendurar uma prateleira, uma ferramenta básica certamente poderá apoiá-lo em seu trabalho.

Vantagens do detector de fio elétrico

Os benefícios que você pode ter usando este dispositivo em seus trabalhos de bricolage são numerosos. Identificamos quais são os quatro benefícios mais relevantes, aqui estão eles abaixo.

1. É fácil de usar

Independentemente do tipo de pesquisa de pinos que você precisa fazer, essa ferramenta é muito fácil de usar. Os localizadores de pinos magnéticos são úteis, pois depois de localizar o metal, você pode deixá-los na parede e marcar o ponto de perfuração sem segurar a ferramenta.

Você nem precisa se preocupar com as configurações, pois muitas dessas ferramentas são autocalibradas. Não há ciência espacial por trás desta operação. Basta ligar a unidade e usar os botões intuitivos conforme indicado.

Como todas as unidades elétricas emitem alarmes sonoros ou visuais quando detectam objetos atrás da parede, você saberá exatamente onde fazer os furos.

2. Agregue valor ao seu investimento

Esses scanners são ferramentas baratas, mas extremamente úteis. Mesmo o melhor modelo, equipado com uma gama completa de recursos sofisticados, tem um preço que não o obriga a esvaziar sua conta corrente.

Para você ter uma ideia, o preço médio de um modelo magnético gira em torno de cerca de 10 euros, enquanto você pode comprar um bom modelo digital por 25 euros.
Diante de um investimento tão limitado, as vantagens de utilizar esta ferramenta são inestimáveis.

3. Faz você trabalhar com segurança

UMA procurar tubos ele pode impedir que você faça furos em canos de água ao montar armários. Você não terá que se preocupar em ser eletrocutado ao perfurar cabos energizados, porque você saberá exatamente onde eles estão e como evitá-los. E você saberá exatamente onde montar ou pendurar itens mais pesados ​​para garantir o suporte adequado.

Esses são, sem dúvida, motivos mais que suficientes para comprar um aparelho tão versátil e começar a usufruir de seus benefícios.

Alarme de metal

Um detector de metais deste tipo é indispensável para localizar qualquer tipo de corpo antes de fazer uma perfuração segura das paredes: de fato, permite saber onde estão posicionadas as estruturas dentro das paredes.

Desta forma, não há risco de causar a ruptura acidental de um tubo de água ou gás, ou de causar um curto-circuito se você tiver a infelicidade de se chocar com um cabo elétrico.

E uma vez que o dano é feito, as consequências devem ser enfrentadas: inconveniência em casa e custos vertiginosos.

Esses dispositivos são eletrônicos e são muito simples de usar. Basta colocar o detector na superfície a ser verificada, aguardar alguns segundos para permitir a calibração automática e então escanear a parede.

A presença de corpos estranhos é sinalizada por um sinal acústico e luminoso que aparece no visor do detector de metais. Geralmente, uma luz verde acende quando nenhum objeto é interceptado abaixo do orifício de detecção; uma luz amarela se um objeto nas proximidades for detectado (perfuração não recomendada); uma luz vermelha com indicador sonoro ativo quando há um objeto.

O detector é assim capaz de fornecer um modo de detecção de metais (um corpo como um tubo, barras de reforço, gaiola metálica de uma porta retrátil), um modo de gesso cartonado, que identifica subestruturas de madeira para suportar qualquer fixação pesada, um modo de cabos elétricos vivos.

Outro aspecto a considerar é a profundidade de detecção. Metais ferrosos podem ser captados pelos melhores dispositivos até pelo menos 120 mm, metais não ferrosos como cobre até 80 mm, cabos elétricos energizados até 50 mm.

No entanto, deve-se ter em mente que os resultados e a profundidade de detecção podem ser influenciados pelo tamanho do objeto a ser encontrado, bem como por certas condições ambientais: a proximidade de equipamentos que produzem campos eletromagnéticos, substâncias líquidas ou umidade no material a ser analisado, tijolos contendo porcentagens de metal como alguns tipos de tijolos e telhas de barro…

Esses dispositivos funcionam principalmente com energia de bateria padrão ou recarregável e, para economizar no consumo, todos geralmente são equipados com uma função de desligamento automático.

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *