Levando o drone na estrada: 17 dicas

A nova fronteira para quem viaja por prazer e adora fotografar as paisagens do mundo é trazer um drone. Se antes você imortalizava paisagens com uma boa câmera reflex digital e levá-los de volta com um câmera de vídeo ou ambos, com um drone você pode pagar fotos de cima, capturando vídeos extraordinários de grandes espaços que você nunca teria a oportunidade de fazer com os meios mais tradicionais, mesmo que tecnologicamente avançados.

Mas como embalar o drone se você já tem espaço para o bagagem é limitado? E o que dizer da regulamentação sobre o segurança leis internacionais? Por último, mas não menos importante: você pode carregá-lo como bagagem de mão de avião?

Abaixo você encontra uma série de dicas práticas para viajar com o drone com total tranquilidade.

Resumo

  • 1. Conheça e respeite as leis sobre drones
  • 2. Viaje com o drone como bagagem de mão
  • 3. Compre um drone portátil
  • 4. Compre uma boa bolsa
  • 5. Leve baterias sobressalentes com você
  • 6. Cooperar com a segurança do aeroporto
  • 7. Use filtros de densidade neutra (ND)
  • 8. Interaja amigavelmente com os espectadores!
  • 9. Tente evitar multidões
  • 10. Faça um plano de voo
  • 11. Mantenha o drone à vista e aprenda a voar manualmente
  • 12. Não incomode os animais e a vida selvagem
  • 13. Tenha cuidado com o frio
  • 14. Escolha o momento certo para tirar suas fotos
  • 15. Dê a si mesmo mais tempo para filmar
  • 16. Traga equipamentos e adereços extras
  • 17. E acima de tudo… divirta-se!

1. Conheça e respeite as leis sobre drones

4 drones

As leis que regem o uso de drones estão evoluindo em todo o mundo, limitando seu uso por motivos de segurança. É sua responsabilidade conhecer e respeitar os regulamentos localizações de drones: se você não fizer isso, corre o risco de incorrer em uma multa pesada, com responsabilidade por ferimentos ou danos. Infelizmente, não existe uma lista perfeita e centralizada das regras de drones de todos os países.

Alguns sites fazem o possível para se manterem atualizados pilotos com os regulamentos internacionais, mas o as regras eles mudam o tempo todo. O melhor a fazer é ir diretamente à fonte: contacte as autoridades locais de transportes ou do espaço aéreo do país que pretende visitar antes de partir.

2. Viaje com o drone como bagagem de mão

drone como bagagem de mão

Os presentes são caros e frágeis, portanto, evite ao máximo verificar seu dispositivo, a menos que as regras da companhia aérea exijam isso – por exemplo, a Emirates exige que os drones passem pelo check-in de bagagem.

o baterias Polímeros de lítio são um risco de incêndio legítimo, especialmente se deixados no porão que não é pressurizado, portanto, certifique-se de seguir as regras da companhia aérea ao transportá-los, pois normalmente há restrições quanto ao número de baterias e onde armazená-las.

Para maior segurança, use um saco à prova de fogo mas mantenha as baterias na bagagem de mão, que os funcionários podem manusear melhor em caso de problemas.

3. Compre um drone portátil

drone portátil

Se o drone for compacto e portátil, digite um mini quadricóptero, você pode levá-lo como bagagem de mão. Você sabe bem, entre outras coisas, como é tratada a bagagem destinada ao porão no porão: seu drone pode desmoronar se sofrer uma impacto violento.

Se você realmente não pode deixar de carregar o drone no porão, compre um estojo rígido e assine um contrato especial com a empresa para tratá-lo como um pacote especial.

No entanto, isso pode custar-lhe muito. De qualquer forma, se você não pode deixar seu precioso drone fora de vista: se você puder carregá-lo na bagagem de mão, com boa proteção, certamente é o melhor.

4. Compre uma boa bolsa

um-bom-saco

Se você estiver viajando com um drone, este dispositivo provavelmente se tornará sua bagagem de mão. Portanto, é vital investir em uma boa bolsa de valores, em vez de jogar tudo a granel em uma mochila. Especialmente se você precisar carregar baterias de alta capacidade, considere comprar uma bolsa para guardar com segurança o drone com seus acessórios.

Essa bolsa pode limitar os danos da combustão, reduzindo a possibilidade de incendiar objetos ao redor.

5. Leve baterias sobressalentes com você

baterias de drones

Um bom drone tem umautonomia tempo de voo de cerca de 20-25 minutos e as baterias demoram cerca de uma hora para recarregar. Baterias extras são, portanto, essenciais para evitar o desperdício de tempo de voo!

Um acessório muito útil para embalar durante a viagem é um inversor de carro para carregar drones com a tomada de 12v do isqueiro ou terminal especial. Isso permite que você carregue as baterias do drone conforme você se desloca de um lugar para outro, sem ter que esperar para voltar para casa ou hotel.

6. Cooperar com a segurança do aeroporto

segurança do aeroporto

Uma das maiores dores de cabeça em potencial que você enfrentará ao viajar com drones é a segurança doaeroporto. Seja educado, mostre ao pessoal responsável o drone e as baterias quando eles precisarem passar pela triagem e responda a quaisquer perguntas que possam ter.

Muitas vezes, ajuda a evitar atrasos na passagem pelo posto de controle se você remover as baterias do drone e colocá-las em uma lixeira separada.

No que diz respeito ao transporte de baterias de lítio, pode ser útil chegar ao posto de controlo com um certificado de aeronavegabilidade que pode descarregar no site da IATA, a International Transport Association.

7. Use filtros de densidade neutra (ND)

Filtros de densidade neutra

Filtros de densidade neutra (ou ND) são indispensáveis ​​durante suas viagens.

A maioria dos drones possui uma abertura de câmera fixa para ISO e velocidade do obturador, o que permite obter uma exposição equilibrada – sob luz solar intensa, à medida que a velocidade do obturador aumenta, a qualidade da filmagem diminui e pode ser instável e os filtros serão sua salvação.

8. Interaja amigavelmente com os espectadores!

O drone provou ser uma ferramenta extraordinária para interagir com as pessoas e principalmente aqueles que nunca viram um (mas não só) são atraídos por este dispositivo. É uma boa oportunidade para conversar com os locais – você descobrirá que muitas pessoas estão curiosas e querem ver um drone em ação. Então seja legal, diga olá, ofereça-se para tirar suas fotos ou vídeos.

Na pior das hipóteses, você terá feito novos amigos e seguidores. Você terá a oportunidade de experimentar que o encontro com novas culturas é a melhor parte da viagem e permitirá obter imagens únicas.

Para além das fantásticas oportunidades fotográficas das crianças que rodeiam o seu drone, aproveite para conversar com os locais, saber mais sobre eles e surpreenda-se com as oportunidades que poderá ter de visitar as suas casas ou locais para tirar imagens inéditas.

9. Tente evitar multidões

drone

A maioria dos leis sobre drones eles proíbem voar o drone sobre pessoas e, como regra geral, você deve evitar voar sobre lugares onde as multidões se reúnem.

Você não apenas respeitará a privacidade dos presentes, mas também não correrá o risco de causar danos a ninguém. Os drones podem enfrentar dificuldades a qualquer momento, e não há como garantir que não travarão repentinamente.

10. Faça um plano de voo

Antes de pilotar um drone para um novo local, é importante ter um plano para o seu voo. Isso permite que você faça as filmagens desejadas e reduz as chances de seu drone perder altitude. Tome nota de objetos grandes, árvores, linhas de energia ou edifícios e certifique-se de ficar longe deles.

A interferência magnética é uma das principais problemas que podem ser encontrados ao pilotar um drone em um novo destino: ocorre quando eu sinais de rádio interferir nas comunicações dos drones. A melhor maneira de evitá-los é voar longe de grandes antenas ou áreas industriais e, para não causar acidentes, certifique-se de ter bastante espaço aberto para poder voar em total liberdade.

11. Mantenha o drone à vista e aprenda a voar manualmente

O streaming de vídeo direto do drone é fantástico: permite que você veja o que seu dispositivo vê e faz você se sentir um verdadeiro protagonista.

No entanto, o sinal de vídeo pode falhar repentinamente, por isso é melhor manter o dispositivo sempre dentro do seu campo de visão – se você puder ver seu drone, poderá recuperá-lo manualmente e trazê-lo de volta ao solo sem dificuldade. Se você não pode vê-lo, você está em apuros! Mantenha sempre os olhos no drone.

12. Não incomode os animais e a vida selvagem

leopardo

Os animais, principalmente cães e pássaros, não gostam de drones porque o som os incomoda e pode assustá-los. Certifique-se de manter uma distância segura e respeitosa dos animais.

O mesmo vale para eu safáriembora muitas agências de viagens já proíbam o uso de drones durante excursões fotográficas. Não aproxime o drone de pássaros grandes, eles podem tentar atacá-lo com sérias consequências para eles e seu equipamento.

13. Tenha cuidado com o frio

Os drones amadores são projetados apenas para operar em temperaturas acima de zero, portanto, tenha cuidado se estiver visitando um país frio. Se um drone ficar muito frio, o software que gerencia a máquina pode interpretar essa mensagem como ficando sem bateria.

Como resultado, a unidade literalmente cai do céu. Uma sugestão é manter as baterias aquecidas porque o frio as esgota e também reduzir o alcance do voo.

14. Escolha o momento certo para tirar suas fotos

A melhor hora para tirar fotos em geral é no início da manhã, logo após o nascer do sol, ou no final da tarde, pouco antes do pôr do sol. O mesmo vale para drones. Você não apenas obterá a melhor luz para fotografar, mas também terá menos espectadores ao seu redor.

15. Dê a si mesmo mais tempo para filmar

Usar um drone é muito divertido, mas leva mais tempo para configurar o voo e capturar imagens.

Dê a si mesmo tempo extra em um só lugar para otimizar a instalação e o voo, caso contrário, você corre o risco de perder tempo desnecessariamente – não deixe a tecnologia assumir o controle, transformando uma ótima experiência em algo muito frustrante.

16. Traga equipamentos e adereços extras

Bater um drone é relativamente fácil e a primeira “vítima” do acidente geralmente são as hélices, pois é fácil danificá-las. Sempre carregue algumas hélices extras e algumas ferramentas básicas de reparo com você para que você possa fazer a manutenção do seu drone imediatamente.

17. E acima de tudo… divirta-se!

Pilotar um drone é muito gratificante, aproveite para se divertir também: aproveite cada momento capturando a beleza de tudo que encontra ao seu redor.

Fonte:

Posso transportar o meu drone/quadcóptero na minha bagagem de mão?
Como transportar drones por via aérea

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *