14 dicas para ficar em forma para o Natal

O Natal é bem conhecido, significa não apenas estar com os entes queridos ou descartar presentesmas também sentado em mesas repletas de pratos irresistíveis, infelizmente por vezes pouco adequados para uma alimentação saudável e correcta.

Vamos descobrir juntos algumas dicas práticas para vivenciar plenamente as férias sem abrir mão do saúde: pequenos truques são suficientes para aproveitar o melhor do Natal sem comprometer o seu Bem-estar!

Resumo

  • 1. Verifique as porções
  • 2. Não pule sua atividade física habitual
  • 3. Acompanhe o que você come
  • 4. Tente não sair com fome
  • 5. Coma devagar
  • 6. Beba com moderação
  • 7. Planeje com antecedência
  • 8. Prepare a maioria dos pratos com os quais você estará cercado no Natal
  • 9. Aumente o consumo de frutas e vegetais
  • 10. Cerque-se de alimentos saudáveis ​​em casa
  • 11. Seja realista
  • 12. Contribuir
  • 13. Não desanime
  • 14. Procure alternativas saudáveis

1. Verifique as porções

Verifique suas porções

Se você não quer abrir mão de provar tudo o que o Natal traz para a mesa, ficar de olho nas porções é um bom compromisso: tente não comer demais, mas sirva-se em pequenas porções.

Às vezes tendemos a encher o prato mais do que deveria e, dado que deixamos algum sobras não é educado, você acaba comendo além do nível de saciedade, com o resultado de se sentir cansado, pesado e inchado.

Quando você é um hóspededegustar um pouco, mas tudo também permite que você não ofenda quem o convidou: se notar muita insistência, explique de forma educada que prefere não exagerar para ter certeza de que poderá aproveitar cada curso, do primeiro ao primeiro último.

2. Não pule sua atividade física habitual

Entre feriadoseu almoços e a jantaresa corrida por presentes e preparaçõesvocê pode acabar perdendo sua atividade física habitual.

O conselho é obviamente não fazê-lo: seja qual for a atividade que você faça, evitá-la tornará mais complicado lidar com esse período de “alta caloria” e, no final das férias, retomar sua rotina de exercícios será muito mais difícil.

Se você tem medo de ser sugado pelo turbilhão de compromissos e convites, planeje a atividade esportiva com os amigos: se você tiver um compromisso, será difícil encontrar uma desculpa para faltar ao treino!

Está de férias fora da cidade? Nesse caso, tente substituir a academia por outras atividades, como caminhadas nas montanhas ou longas caminhadas.

Enquanto seu companheiro de viagem usa o banheiro, faça um pouco de exercícios como abdominais ou flexões, que podem ser feitas em qualquer lugar sem a necessidade específica de espaço ou equipamento.

Até mesmo as viagens ao Mercados de Natal (mercados de Natal) pode combinar negócios com prazer: você caminhará muitos quilômetros sem nem perceber, enquanto procura os últimos presentes de Natal para seus entes queridos.

Se você não se exercita regularmente, aproveite esta oportunidade para começar.

Há uma infinidade de alternativas entre as quais será impossível não encontrar algo do seu agrado: se você não gosta de academia, pode ser uma boa ideia optar por andar de bicicleta, correr ou corrida.

Até mesmo limitar o uso do carro pode se tornar um pequeno gesto com grandes benefícios: ao sair para as tarefas não muito longe de casa, você exercitará seu corpo sem esforço especial.

3. Acompanhe o que você come

Acompanhe o que você come

Manter o controle do que você come em seu smartphone (ou em um notebook) pode realmente ajudá-lo a perceber quando você está prestes a exagerar.

Ver em preto e branco a lista de alimentos ingeridos torna a sua autoavaliação mais real e mais fácil de gerenciar.

Hoje existem aplicativos e sites que permitem calcular calorias, proteínas, carboidratos e em poucos segundos gordura de cada alimento.

Marcar tudo não precisa se tornar uma obsessão, mas uma maneira de entender o que é melhor cozinhar para o jantar para equilibrar os excessos acumulados durante um almoço particularmente substancial.

4. Tente não sair com fome

Sair de casa com fome é sempre uma péssima ideia: ir às compras tende a comprar tudo e muito mais!

Não só você correrá o risco de gastar o dobro no supermercado, como se verá cercado de alimentos comprados em um momento de fraqueza, o que certamente será uma grande tentação.

Mesmo se você for fazer compras com o estômago cheio, deixe um Lista de coisas para comprar e tente não colocar produtos extras no carrinho.

Alguns acreditam que é bom evitar comer antes de um almoço (ou jantar) de Natal, para que você possa comer depois sem ter ingerido outras calorias.

Essa teoria está errada: se você se sentar à mesa com fome, estará propenso a exagerar em poucos minutos, com o resultado de não gostar da comida e dificultar a ingestão. metabolismo.

Os hábitos alimentares não devem ser alterados em função das férias, mas deve manter o seu regime com um bom pequeno-almoço, reduzindo ligeiramente a ingestão calórica de todas as refeições antes do banquete e evitando os lanches.

Assim você pode comer com tranquilidade e controlar o porçõessem o fome você se cega e desfruta plenamente dos pratos servidos no Natal.

Uma boa prática é sair de casa sempre com pequenos lanches saudáveis, como nozes ou frutas: quando você está com fome fora de casa é fácil se deixar seduzir pelos aromas que saem das padarias ou confeitarias.

Tenha sempre uma garrafinha de água com você: muitas vezes a sede se confunde com a fome e um simples gole de água pode ser o que seu corpo precisa.

5. Coma devagar

Comer devagar deve ser a regra, não só nas férias, mas durante todo o ano: assim os alimentos serão mais facilmente metabolizados pelo organismo e a sensação de saciedade virá mais cedo.

Mastigando devagar, você também pode saborear cada mordida com cuidado, percebendo todas as nuances do sabor.

Quando você se senta em tabela você não precisa ter pressa! As refeições são imprescindíveis e o certo é aproveitar o tempo para comer da melhor forma, saboreando a comida e também apreciando suas cores e beleza.

Para comer devagar, é aconselhável respirar fundo antes de iniciar a refeição e abaixar o garfo entre as garfadas.

Sentar-se ao lado de alguém com quem você pode ter uma conversa interessante é uma boa maneira de comer mais devagar, e jantares com amigos também são feitos para ficar juntos e compartilhar histórias e opiniões.

6. Beba com moderação

Beba com moderação

Mesmo quem não costuma beber álcool no Natal faz uma exceção à regra.

Beber vinho é possível, o importante é fazê-lo com moderação. Para fazer o seu vidro fique cheio por mais tempo, beba água pura e limite o vinho como acompanhamento dos pratos principais.

Se você puder manter seu copo meio cheio até o final da refeição, é menos provável que alguém o incite a beber mais enchendo seu copo.

Melhor evitar refrigerantes, assim como eu espíritosque possuem um Ingestão calórica muito mais alto.

Se você realmente não consegue resistir a um determinado licor, beba um pouco de água logo em seguida: isso ajudará você a gerenciar melhor as calorias e também não acabará com uma dor de cabeça irritante no dia seguinte.

7. Planeje com antecedência

Planejar um plano de refeições com antecedência é uma boa solução para quem tem pouco autocontrole.

Seguir as instruções escritas é mais fácil: depois pegue uma caneta e papel (ou crie um arquivo digital) e planeje suas refeições e sua atividade física de forma compatível com os compromissos do Natal.

Você sabe bom como se sente depois de uma farra e quase ninguém gosta de experimentar aquela sensação irritante de inchaço e peso.

Antes de se sentar à mesa, imagine como você gostaria de se sentir após a refeição e tente se ajustar para não exagerar e chegar ao café sentindo-se leve e agradavelmente cheio.

8. Prepare a maioria dos pratos com os quais você estará cercado no Natal

Os alimentos caseiros são mais saudáveis ​​do que os prontos, por isso seria ideal preparar a maioria dos pratos em casa usando ingredientes natural e tentando encontrar um bom compromisso entre sabor e autenticidade.

Um prato apresentado com atenção especial à estética, pode transformar vegetais simples em um prato sofisticado: portanto, dê vazão ao seu também criatividade e seus convidados ficarão agradavelmente surpreendidos.

Se a reunião não ocorrer em sua casa, você sempre pode oferecer cozinhou algo para trazer como convidado, como um bom bolo, que você pode preparar selecionando os ingredientes e preferindo, por exemplo, mel em vez de açúcar branco.

9. Aumente o consumo de frutas e vegetais

frutas e vegetais

As frutas e verduras são os aliados perfeitos para quem se preocupa com a saúde: contribuem para a ativação do metabolismo, auxiliam no desenvolvimento de tecidos e órgãos, vitaminassão ricos em fibras E antioxidantes.

Aumentar o consumo de frutas e vegetais o ajudará a equilibrar a regra do feriado.

A fruta deve ser consumida preferencialmente entre as refeições, pois seu alto teor de fibras pode prolongar o tempo de digestão.

Legumes podem ser consumidos como acompanhamento, mas também como refeição: o período de smoothies refrescantes acabou, mas uma sopa de legumes quente no meio do inverno lhe trará uma agradável sensação de calor, além de nutri-lo de forma saudável. maneira.

Durante o banquete de Natal, certifique-se de que um terço do seu prato seja ocupado por vegetais: assim você se encherá de alimentos saudáveis, limitando, mas sem desistir completamente, o consumo de outros alimentos altamente calóricos.

10. Cerque-se de alimentos saudáveis ​​em casa

comidas de natal

Ter alimentos saudáveis ​​sempre disponíveis torna seu consumo mais útil: portanto, cerque-se de alimentos saudáveis ​​e saudáveis ​​e você estará mais propenso a comê-los.

Uma ótima ideia é preparar alguns alimentos com antecedência, para que você os tenha sempre prontos e não seja tentado pela preguiça.

Nem todos os alimentos podem ser preparados com antecedência, mas as nozes podem, por exemplo, ser descascadas semanalmente e armazenadas prontas para serem consumidas.

11. Seja realista

Ser realista é essencial. Você decidiu manter a forma e adotar um estilo de vida correto? Bem, então você saberá que o autocontrole é essencial sempre que quiser atingir um objetivo.

Definir metas alcançáveis ​​é fundamental, pois uma meta inatingível só faria você se sentir frustrado, resultando em desistência.

Definir metas que você pode alcançar aumentará sua auto-estima e complacência, tornando a jornada em direção ao seu objetivo mais agradável e cheia de pequenas satisfações.

Portanto, comece com pequenos passos, eliminando lentamente os maus hábitos e substituindo-os por alternativas mais saudáveis.

12. Contribuir

Se você foi convidado para a casa de alguém, contribuir não é apenas um sinal de boas maneiras, mas pode ser útil para se manter fiel às suas intenções.

Além de trazer suas próprias refeições, você pode se oferecer para ajudar a servir e arrumar depois do almoço ou jantar, deixando os anfitriões felizes e mantendo seu corpo ativo.

Após o banquete, você também pode propor um passeio, se o tempo permitir: alguém entre os convidados aceitará de bom grado acompanhá-lo, então você caminhará em companhia queimando calorias sem nem perceber.

13. Não desanime

Tudo parece difícil no começo, mas quando você acelerar o ritmo, o que parece impossível hoje se tornará hábito.

Você pode começar imediatamente a colocar essas dicas em prática e terá um Natal maravilhoso sem sacrifícios e desfrutando plenamente de tudo o que a mesa tem a oferecer: basta um pouco de vontade.

Estas dicas podem ser usadas em vista das férias, mas também em outras ocasiões, como aniversários, jantares de negócios ou casamento de amigos, enfim, todos aqueles eventos em que você participa sabendo que será quase impossível não algumas pequenas exceções à regra.

As precauções a tomar podem parecer muitas no início, mas se começar a segui-las sem desanimar, começará a sentir os efeitos no seu corpo e na sua saúde, encontrando assim um forte impulso para continuar a melhorar cada vez mais.

14. Procure alternativas saudáveis

Não faltam alternativas hoje em dia: aproveite-as!

Escolher um tipo de farinha mais leve e digerível, ou usar leite de soja e tofu, são apenas algumas das pequenas substituições que podem ser feitas para continuar a tirar alguns caprichos, mas com um piscar de olhos à saúde e à forma.

O tipo de cozimento também pode fazer a diferença: tente cozinhar no vapor e não em panelas cheias de óleo!

Como você pode ver, ficar em forma e saudável é possível sem ter que abrir mão das alegrias culinárias das férias.

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *